PacienteMente Camomila

 


A autoconfiança da camomila funciona como um ritual do chá. Escolhendo a dedo cada florzinha de camomila, as que estejam íntegras, cheirosas, viçosas, questionando suas escolhas para manter “status” de chá curativo. O paciente camomila se prepara assim como em um ritual. Para se expor, tudo deve ser perfeito, nos mínimos detalhes, para que ele seja merecedor de recompensa. De valor. “Quando tudo for perfeito assim, aí eu estarei bem, estarei feliz”, diz a camomila.

E como acontece com o chá, o outro quem se beneficia. No convívio com a camomila, que dificilmente se impõe, dificilmente contraria. "Pra que serve o chá de camomila se não pra curar, se não pra cuidar, acalmar” porém, quem se beneficia desses poderes curativos? A própria camomila? Ou os outros?

Não é porque é um chá medicinal, curativo que ela não serve como flor, como um belo ramalhete de flores. Lembre-se, a camomila também é flor, linda e delicada, capaz de perfumar o ambiente inteiro. A camomila é muito mais que uma flor bela e delicada, ela é um potente chá, e uma flor marcante com o seu potente cheiro. Ela precisa é ser autoconfiante, acreditar no poder dela. Quando isso não acontece, ela somatiza, adoece, entristece, e desiste de ser.

Então, prepare bem a sua camomila, coloque suas melhores flores em infusão, extraia o melhor dela, escolha a melhor xícara, a que mais combina com o seu momento, acolha o seu cantinho de paz. Pra você se sentar e relaxar, pause e saboreie o melhor do seu Flor e Ser, e com autoconfiança acredite, você sabe o que fazer, só se permita e confie em você.

Positivamente,
Milena Mendonça 🌻


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Perdão: o que isso tem a ver com sua saúde mental?

Como a Psicanálise e a Psicologia Positiva contribuem para o seu Florescimento

Mentoria Criativa - Estudos Online