A artesã de bonecas e sua fábrica de autoconhecimento




Júlia é uma senhora que viveu uma vida inteira confeccionando e brincando de bonecas.

Quando criança, passava horas criando, fantasiando, se divertindo e trocando memórias afetivas com sua mãe e amigas através da brincadeira de bonecas.

Júlia foi crescendo, conheceu coisas novas, pessoas novas, mas suas bonecas estavam sempre ali, acompanhando seu desenvolvimento.

Durante muitos momentos da adolescência, Júlia brincou de boneca para se conectar com sua própria essência e para se autorregular, pois as bonecas tinham um papel fundamental na sua vida: elas a acolhiam e, todas juntas, viajavam por vários lugares, incluindo a “Ilha EU SOU!”

Ao longo da vida, Júlia percebeu que as melhores viagens foram justamente aquelas feitas para a “Ilha EU SOU!”, nas quais ela foi sanava dúvidas, identificava angústias, descobria necessidades emocionais e muito mais...

Toda vez que Júlia voltava da “Ilha EU SOU!”, Júlia sentia-se mais fortalecida e consciente do que precisava fazer por si própria.

Até que um dia, já adulta, Júlia resolve criar a FÁBRICA DO AUTOCONHECIMENTO, baseada na sua experiência na “Ilha EU SOU!”.

Nessa fábrica, ela recebia pessoas de todos os cantos do mundo para desenvolverem o próprio autoconhecimento. Lá, foi testemunha de grandes revelações e, consequentemente, de imensas transformações.

Dentro da FÁBRICA DO AUTOCONHECIMENTO, todos os processos aconteciam através do “brincar” de bonecas e bonecos. A fantasia e a realidade se misturavam, possibilitando uma experiência única e intransferível para quem frequentava aquele lugar.

Júlia se tornou mulher e passou a honrar sua história, a reconhecer sua essência, a identificar seus valores e potências, a ser fiel à sua intuição e a estar cada vez mais aberta a novas viagens para a “Ilha EU SOU!”, que somavam no seu dia a dia e, consequentemente, na FÁBRICA DO AUTOCONHECIMENTO.

E você, de que maneira tem adquirido autoconhecimento?

Flor e sendo,

Isadora Lacerda

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como a Psicanálise e a Psicologia Positiva contribuem para o seu Florescimento

Perdão: o que isso tem a ver com sua saúde mental?

Psicólogos online: a nova tendência da terapia.