O barco da vida

Se a vida fosse o mar, com rotas turísticas que você quer conhecer ao longo do caminho (metas profissionais, financeiras, amorosas, etc), conhecer seu barco (seu eu interior) e as melhorias que você pode fazer nele é essencial. Através do autoconhecimento, podemos enxergar todas as engrenagens e mecanismos do nosso barco e nos preparar melhor para essa viagem. 

Nessa analogia, o combustível que move o barco é a tal busca pela felicidade. Não existe uma "rota ideal” que sirva pra todo mundo. Seria ótimo se a vida viesse com manual, mas sabemos que não é assim. 


Segundo o modelo da psicologia positiva, Martin Seligman (considerado o pai da psicologia positiva) propõe em seu livro “A autêntica felicidade”, em 2011, três vias essenciais para alcançar a felicidade:

- A vida prazerosa

- A vida engajada

- A vida significativa


A vida prazerosa é aquela centrada em experimentar o máximo de emoções positivas possíveis, ou seja, todo tipo de prazer. Essas emoções positivas podem ser experimentadas através de prazeres imediatos (exemplo, saborear uma boa comida), também através de lembranças (rememorando momentos ou logros positivos), ou imaginando um futuro de conquistas. As lembranças, antecipação ou visualização dos prazeres amplificam as emoções positivas. O prazer é sem dúvida um dos caminhos para a felicidade, porém recorde que prazer não é sinônimo de excesso. Esta via tem um grande inconveniente, que é a rapidez com que as pessoas se acostumam ao bom, porque as emoções positivas vão diminuindo. Afinal, "só sabe o que é alegria, quem conhece a tristeza”.


A vida engajada consiste em encaminhar nossas fortalezas pessoais para a consecução do maior número de experiências positivas possíveis, assim devemos identificar ditas fortalezas pessoais e focar nossas ações para objetivos previamente estabelecidos. Uma vez detectado tudo aquilo que nos faz bem, que gostamos, devemos colocar isso em prática em trabalhos ou atividades de uma maneira que nos proporcione um grande bem-estar. Neste ponto é muito importante o conceito “flow” (fluir) juntamente com a atividade para alcançarmos a felicidade.


A vida significativa consiste em dar um propósito a nossa vida, ou seja, direcionar as fortalezas pessoais humanas para uma causa maior, um significado, algo que nos transcenda. Por exemplo, fazer parte de uma ONG, de associações comunitárias, esportivas, culturais, etc. Em outras palavras, usar nossas habilidades a serviço de uma comunidade, um coletivo, dos demais, de maneira altruísta (outro conceito importante para a psicologia positiva). Este tipo de atividade aumenta a satisfação pessoal e o sentimento de felicidade.


O objetivo desses três caminhos para a felicidade, complementares e não excludentes, é o mesmo: uma direção para aumentar nossa satisfação e qualidade de vida. Se você tinha motivos para ser infeliz, estou dando vários caminhos para que você encontre e cultive a sua autêntica felicidade. Prazeres, engajamento, propósito… É o equilíbrio entre mudar o que dá pra ser mudado e compreender o que não dá pra ser mudado. Nem ser vítima dos outros, nem algoz de si mesmo.


*Obra Sunset By The Hill, do pintor israelense Leonid Afremov, de origem bielorrussa, com suas pinturas descritas como "positivas" e "alegres". Seus quadros são geralmente muito luminosos e coloridos, como a vida deve ser.


Positivamente,

Milena Mendonça


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Perdão: o que isso tem a ver com sua saúde mental?

Como a Psicanálise e a Psicologia Positiva contribuem para o seu Florescimento

Mentoria Criativa - Estudos Online