Diferentes formas de nutrir

Nos estudos por esses dias, eu li textos sobre a Nutrição Enteral e vi aulas sobre essa abordagem. Meu coração ficou muito mexido. Não que eu nunca tivesse ouvido sobre, pelo contrário, já estive com ela em uma etapa da minha vida dentro da Nutrição.
Mas pela primeira vez eu pensei sobre como é receber o alimento de uma forma diferente e como é sentir os sabores e as texturas através de uma sonda. Tudo isso de uma forma que foge do histórico alimentar pessoal, da rotina de refeições com os que amamos, do nosso poder de escolha do que vamos/queremos comer e com um foco principal, se manter nutrido e a manutenção da saúde.

Estou aqui hoje querendo dizer o quanto somos privilegiados em poder escolher, pedir, cozinhar, fazer testes, saborear todas as texturas, sentir os cheiros dos alimentos...enfim, como somos sortudos pela infinidade de alimentos que nos trazem vida. Aproveitemos isso.

E estou aqui para dizer também que somos abençoados por termos a Ciência que nos traz alternativas terapêuticas alimentares para que quando for necessário nós ou quem amamos consigamos ter o alimento e que ele continue trazendo vida enquanto ainda temos vida.

Sem dor, com amor.
Angie



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Perdão: o que isso tem a ver com sua saúde mental?

Como a Psicanálise e a Psicologia Positiva contribuem para o seu Florescimento

Psicólogos online: a nova tendência da terapia.