Acostumados a olhar para fora, esquecemos de olhar para dentro.


Ter a sua imagem adequada com a sua essência exige um mergulho interno profundo. Exige abrir portas que estavam trancadas, levantar a poeira e deixar ir tudo o que não te serve; tudo que não te faz querer olhar para si e sorrir. 


Na vida e em qualquer lugar você tem que descobrir o que realmente pensa, do que gosta, quem é você. Caso contrário, os outros farão/falarão por você e eu garanto que dificilmente estará plena (o) na sua essência, na sua pele. 

Cada um terá uma forma particular no acesso ao autoconhecimento. Eu tive e continuo tendo a minha e você terá a sua, mas saiba que o mais importante é ter coragem para começar essa caminhada (que mesmo com dores, é linda e de muita cura). 


E o que o autoconhecimento tem a ver com minha imagem? 

Você é a união do seu interior com seu exterior e é de uma plenitude olhar-se e sentir amor e encanto por quem é e como sua essência faz parte do que você vê. 

Amar os outros é maravilhoso, mas amar a si próprio é, antes de tudo, divino!


Por Valéria da Mota



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Perdão: o que isso tem a ver com sua saúde mental?

Como a Psicanálise e a Psicologia Positiva contribuem para o seu Florescimento

Psicólogos online: a nova tendência da terapia.