Veganismo e respeito

Estamos vivendo uma fase de intolerância. Tudo tem que ser resolvido na hora e de forma violenta. Não temos mais paciência, a vida pede agilidade e resultados pra ontem. Cada um conta sua verdade e não respeita a verdade do outro. Até onde cabe a minha verdade? Cabe até onde eu não interfira e prejudique a vida de alguém e de alguns. Respeito, amor, acolhimento. Olhar o outro como olhamos para nós mesmos.
Somos iguais. Porque a gente não pergunta para o outro o que ele quer, o que ele gostaria que fizéssemos, o que ele gostaria de fazer, se ele se sente bem fazendo o que faz, se ele é feliz onde ele mora, quem ele ama, o que ele faz para ser melhor, o que ele faz para ajudar ao outro?! Pedir permissão para fazer algo que interfira na vida do outro é nossa maior conduta de respeito. Ele está aqui na terra assim como nós também estamos. Somo iguais. Vivemos no mesmo mundo e queremos ficar bem e viver. Viver em paz. Viver do jeito que nos deixem bem e que não tire a vida do outro, que não machuque o outro, que não deixe o outro em situação desagradável, que não deixe o
outro menos que a gente. Somos iguais.
Você pergunta para quem está do seu lado pra onde ele gostaria de ir? O que ela quer fazer hoje? O que ela está sentindo? Esse respeito com o sentimento do outro nos leva a paz. Elas falam e sentem.
Você já perguntou se a vaca quer morrer? Se ela quer deixar que tire o leite dela para alimentar nossos bebês e deixar de alimentar os dela? Você já perguntou a galinha se ela quer nos dar os pintinhos dela? Você já perguntou a porca se ela quer nos dar o porquinho para comermos? Você já perguntou a todos esses animais se eles querem viver pouco?
Eles não falam, mas eles sentem. A gente não tem o direito de fazê-los sofrer e nem de fazer ninguém sofrer por uma vaidade, por prazer e por falta de amor ao próximo.
Você já perguntou para as árvores se elas querem morrer? Já perguntou ao mar se ele quer ser poluído? Já perguntou ao rio se ele quer deixar de existir. Eles não falam, mas são vidas e tem vidas que estão neles.
Respeite. Pessoas, animais e o planeta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Perdão: o que isso tem a ver com sua saúde mental?

Como a Psicanálise e a Psicologia Positiva contribuem para o seu Florescimento

Psicólogos online: a nova tendência da terapia.