Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2019

Psicólogos online: a nova tendência da terapia.

Imagem
Por, Milena Mendonça - psicóloga 
Os Psicólogos “online" vêm desenvolvendo um novo fazer psicoterápico e cada vez mais, sendo demandados para atendimentos nessa modalidade. Afinal, a terapia online tem igual eficácia para a maioria dos casos e conta com uma série de vantagens em relação a psicoterapia tradicional.


Qualquer abordagem psicológica pode ser contemplada pela modalidade online e particularmente vejo em minha prática muitos bons resultados. Em especial pela associação que faço da Psicanálise com a Psicologia Positiva.
Normalmente utilizo a ferramenta Skype ou Facetime para realizar minhas sessões online. Faço desde meu consultório. E os pacientes online e presenciais fazem parte da mesma agenda.
Adoro o tête-à-tête possibilitado nas sessões presenciais, mas as sessões online também têm outras grandes vantagens:
1. Positive-se de onde estiver.
Só é necessário conectar-se a internet para a terapia ser realizada. Em qualquer lugar e de qualquer lugar do planeta! Perm…

Quais os benefícios das frutas e vegetais no verão.

Imagem
Por, Angie Marques, nutricionista.

O calor está entrando na sua janela, o sol está nascendo mais cedo e indo embora mais tarde e o dia é mais longo que a noite. Logo, o nosso corpo precisa de alimentos mais refrescantes e cheios de água. Sei que não é novidade que devemos evitar alimentos industrializados, cheios de conservantes e substâncias químicas por serem nocivos ao nosso corpo. 

Mas por que será que as frutas e verduras são tão importantes para nossa saúde em todas as estações do ano e principalmente no verão?! O nosso corpo precisa água, vitaminas e minerais que ajudam no funcionamento dos órgãos e sistemas metabólicos. 
Essas substâncias precisam ser ingeridas diariamente e com dosagens especificas para cada idade. Então, elas são mais importantes do que imaginamos ser. Elas estão nas frutas e vegetais, principalmente. 
Comer frutas e vegetais com mais frequência no calor, nos traz a sensação de leveza, alivio e fluidez. São alimentos vindos da terra, leves, com baixo teor de …

Ano novo, novo ciclo.

Imagem
Por Isadora Lacerda, psicóloga 
E um novo ciclo se inicia. Já parou para pensar no que você pode fazer por você?
Nem sempre (na verdade, quase nunca) é necessário, ou mesmo benéfico, esperar por um momento específico para começar uma mudança em direção ao que nos faz melhores. Apesar disso, aproveitar a passagem de um ano velho para um outro que se inicia pode ser positivo por aproveitar a atmosfera de esperança que o novo enseja.

Aproveitando a início desse novo ciclo devemos tentar prestar atenção a alguns aspectos da vida. Que hábitos ou costumes ainda são válidos? Quais comportamento e sentimentos nos ajudam, e quais nos atrapalham em nossa jornada cotidiana? Talvez percebamos que faz mais sentido sermos diferentes do que fomos até então. E então é necessário mudar. Trocar as roupas que não servem mais.
Não é tarefa simples sair do que sempre foi familiar. Ao mesmo tempo que determinada situação – emprego, relacionamento, casa, religião – pode estar causando agora sofrimento, neg…

Janeiro traz a energia de recomeço: como usar essa energia para realizar mudanças positivas!

Imagem
Por, Emanuela Hora
O mês de janeiro chega carregando a energia da renovação, do início de um novo ciclo, trazendo também a possibilidade de recomeçar. É comum iniciar o ano mais motivado, com novas (ou antigas) metas (re) escritas, mais fé e esperança. A maioria das pessoas percebe janeiro como uma nova chance de realizar seus sonhos, de fazer as mudanças necessárias, de iniciar algo que há muito tempo tem vontade, mas, por algum motivo, se perdeu pelo caminho. É assim com você?
Realmente o ano novo é uma nova chance de fazer diferente, porém, aquela história de que o ano só será novo se você fizer algo novo, é a maior verdade. E por que começamos o ano tão motivados e não conseguimos sustentar as resoluções do início no decorrer do ano? Nos falta foco, disciplina e constância nas ações para mudar os velhos hábitos. Na maioria das vezes, temos crenças limitantes e/ou ganhos secundários que nos “aprisiona” na situação em que não queremos estar. Portanto, o primeiro passo para a mudança …