19 de novembro de 2018

8 Dicas para aumentar a alta performance desenvolvendo a inteligência emocional


Por, Emanuela Hora. 

Ser um profissional de alta performance é o desejo de muitos, mas nem todas as pessoas estão dispostas a desenvolver sua inteligência emocional para alcançar o sucesso. A alta performance se refere a um conjunto de atitudes, comprometimento e objetivos para alcançar todo seu potencial e usufruir de suas habilidades, dessa forma, pode-se alcançar o sucesso tanto na carreira, quanto na vida pessoal. A maioria das empresas busca esse profissional que traz importantes resultados e está sempre se desenvolvendo, buscando o conhecimento e aperfeiçoamento.



O indivíduo com esse perfil agrega o conhecimento, somando emoções inteligentes e ação focada e são pessoas altamente motivadas. Se você quer ser um profissional com esse perfil, sugiro algumas dicas:


  1. Autoconhecimento: Para iniciar qualquer mudança, é necessário refletir o que não está funcionando, o que deve ser mudado e quais são suas dificuldades. Além disso, também conhecer quais são suas forças pessoais, aquelas características que você tem e que pode potencializar seus resultados.
  2. Metas: Quais são seus objetivos? O que quer realizar ou desenvolver? Estabeleça metas que sejam específicas e desafiadoras.
  3. Planejamento: É preciso planejar as ações a serem realizadas, definindo as prioridades.
  4. Ação: Se não agir, não terá resultados. Planeje, porém, execute!
  5. Cuidado com a saúde: Sono regular, atividade física e alimentação saudável são indispensáveis para ter uma boa saúde e mais energia. Além disso, também é importante realizar visitas periódicas ao médico. Sem autocuidado não há como ser inteligente emocionalmente.
  6. Autocontrole: Aprender a dizer não para as coisas que você sabe que não vão te levar para o seu objetivo.
  7. Aceite os desafios: Assim desenvolverá sua autoconfiança, conquistando as metas estabelecidas, aprendendo mais sobre suas forças.
  8. Seja positivo: Acredite em seu potencial! Você sempre pode escolher como encarar uma situação. Pense positivo!

O famoso QI (quociente de inteligência) não é o suficiente para alcançar alta performance e ter sucesso, é necessária inteligência emocional para alcançar os resultados esperados. A inteligência emocional é a capacidade de perceber e lidar com suas próprias emoções e compreender também o comportamento e sentimentos das outras pessoas. Em todos os lugares e situações, lidamos com as emoções, é algo intrínseco no ser humano. Segundo Daniel Goleman, conhecido como o pai da Inteligência Emocional, para ser mais inteligente e maduro emocionalmente, é preciso desenvolver os seguintes pilares: Conhecer e administrar suas emoções (ter consciência das próprias emoções e lidar com elas, isso não se refere a reprimir as emoções consideradas negativas, mas sim educá-las); Automotivação (manejar as emoções e manter o foco); Empatia (capacidade de se colocar no lugar do outro) e Habilidades Sociais (se relacionar bem socialmente).


Reconhecer as emoções que estamos sentindo, gerenciá-las de maneira eficaz frente as situações que vivenciamos e manter relações interpessoais saudáveis, são fatores essenciais a serem considerados pelas organizações que buscam profissionais de alta performance. Pesquisas afirmam que a probabilidade de uma pessoa inteligente emocionalmente ter um melhor desempenho no trabalho é maior que aquela pessoa com baixa inteligência emocional.

Algumas pessoas no ambiente laboral desempenham de forma eficaz sua tarefa porque tem altos níveis de inteligência emocional. A alta performance é uma característica muito valorizada nas organizações, possibilita melhores salários, relacionamentos interpessoais positivos, satisfação pessoal e uma melhor qualidade de vida. Ser um profissional de alta performance exige dedicação e comprometimento, porém, cada um pode alcançar esse estado de ser se decidir desenvolver algumas habilidades para isso. Invista em você, em seu autoconhecimento e em melhorar suas forças pessoais. Só você é responsável para chegar a sua mais alta performance!

Com amor, Emanuela.