31 de outubro de 2018

Como potencializar sua concentração nos estudos e no trabalho.


Por Vanessa Barros, psicopedagoga. 

Você tem a sensação que demora muito para avançar para os próximos conteúdos e evoluir nos estudos? Se você fica muito tempo estudando a mesma coisa e tem dificuldade de assimilar os conteúdos em tempo hábil, você precisa aumentar seu rendimento nos estudos agora mesmo.
Não ter um bom rendimento é resultado de baixa concentração, disciplina, motivação e principalmente organização! Para resolver esses problemas, você precisa mudar alguns hábitos e desenvolver rotinas mais eficazes.


E por que hábitos e não técnicas de estudo? Porque são seus hábitos, isto é, sua rotina diária, que é a maior responsável por você conseguir ser eficaz nos objetivos que se propõe. Afinal, é através da rotina que você conseguirá repetir boas práticas e evoluir nos estudos.
Os hábitos são padrões de comportamento baseado em princípios que muitos você nem estava ciente que tem. Esses padrões de comportamento são resultado da combinação do que você faz, por que você faz, como você faz e qual a sua motivação para fazê-lo. E isso é o que forma os hábitos que você pratica todos os dias sem se dar conta de como elas fazem a diferença na sua vida e até nos seus estudos.
Agora que você já sabe melhor a importância da rotina, chegou a hora de explorar algumas atitudes que você pode começar a fazer agora para melhorar o seu rendimento nos estudos.

1. Faça listas diárias

Você tem responsabilidades além de estudar, que podem ser um trabalho de 8 horas, uma faculdade ou mesmo limpar a casa ou fazer almoço. Pode até ser tudo isso e mais coisas! A vida é mesmo muito atarefada, ninguém nega.

Por isso, você precisa começar a ter o costume de fazer listas como uma forma de gerenciar sua vida e seu tempo. Ou seja, crie o hábito de fazer listas diárias de afazeres e combine essa lista com um cronograma de estudos/trabalho.
Se você sente que tem uma pilha de coisas para fazer, então fazê-las é muito difícil. Você vai focar mais sua energia em remoer o que precisa ser feito do que necessariamente fazer. E como o seu objetivo aqui é render mais nos estudos, comece pela organização.  
Se você fizer uma pequena lista de no máximo 6 itens do que precisa ser feito no dia, fazer e riscar os itens da sua lista será muito mais fácil. Afinal, não se esqueça que você precisa se organizar. Se você não tem as coisas organizadas, não vai render porque não saberá no que focar, por onde começar e muito menos quais passos dar.

2. Comece pelo mais importante

Agora pense, qual é o item dessa lista mais importante? O que precisa ser feito agora ou demanda mais força de vontade de você? Qual é aquele item que faz você pensar em procrastinar na mesma hora? Faça justamente ele primeiro! Tire essa pedra do caminho logo!
Uma das melhores rotinas de quem precisa render mais nos estudos é começar a estudar pelo mais importante. Já comece o seu horário de estudo fazendo aquilo que é essencial. Tire do caminho aquela matéria chata que você fica adiando por não querer lidar com ela ou aquela bateria de questões que você deveria ter feito no dia anterior para revisar.
Lembre-se: começar a fazer é mais importante do atingir 100% de perfeição com a tarefa. Feito é melhor que perfeito!

3. Estude (e faça) uma coisa de cada vez

Em um mundo com tantas tarefas e com tantos aplicativos, é fácil se perder nos afazeres e virar um multitarefa. Mas eu tenho uma novidade para você: ser multitarefa, especialmente quando o assunto envolve estudo e produtividade, não é a melhor forma para melhorar seu rendimento.
É importante dedicar um tempo para entender e realmente entrar na lógica do conteúdo que você se propôs a estudar naquele horário. Então, mesmo que bater aquele desânimo, cumpra o seu objetivo antes de partir para outro conteúdo ou matéria.
A mesma coisa se aplica se você tem mania de estudar com diversas abas abertas, sua música favorita tocando, respondendo um amigo no chat ou com a televisão ligada. Não se engane! Querer estudar com todas essas coisas acontecendo a sua volta é impossível!
Por mais que você ache que está aprendendo, se você quiser realmente aumentar seu rendimento, chegou a hora de cortar as distrações e trabalhar sua capacidade de se manter concentrado nos estudos, com sua atenção voltada para o estudo.

4. Pratique mais!

Pare de só consumir e consumir conteúdo de maneira passiva. Comece a praticar sempre, todos os dias, se puder. Para quem estuda para concursos, é necessário converter conhecimento em questões certas, não é verdade?
Então faça questões para assimilar e fixar o conteúdo que aprendeu, faça questões para revisar conteúdo aprendido, faça questões para medir o seu conhecimento. Estudar com foco na prática de questões e testes vai levar você a memorizar com mais facilidade! 
Além disso, faça mapas mentais, escreve resumos, fale em voz alta o que acabou de aprender. Para aprender mais, você precisa praticar mais. Viva os estudos de maneira mais proativa. Você vai ver como colocar a mão na massa vai transformar seus estudos de algo chato e que não evolui para uma atividade que progride consistentemente!

5. Assuma a responsabilidade todos os dias

 É normal sentir cansaço uma vez ou outra. Aconteceu uma situação inesperada e você teve que correr para resolver? Tudo bem também. Faz parte da vida corrida, seu corpo pedir uma pausa para descansar e respirar. E faz parte da vida ter que lidar com situações urgentes.
Contudo, não deixe que esses fatores impeçam que você esteja sentado na cadeira exatamente no horário que você designou para começar a estudar. Por mais que surja uma coisa ou outra coisa, assuma a sua responsabilidade. Claro, nem sempre isso será possível, mas tente ao máximo cumprir seu compromisso com os estudos. 
E essa é uma rotina que ação que precisa ser praticada todos os dias, até que se torne uma rotina. De tanto repetir, vai chegar um momento em que você terá até um ritual de estudos, que indicará para o seu corpo e mente que é hora de estudar.
Não espere pela motivação ou pelas coisas estarem completamente resolvidas para você ir lá e assumir o seu compromisso com os estudos. Não se esqueça da sua meta nem por um segundo.

6. Faça um controle diário e semanal do seu progresso

Uma excelente forma de aumentar seu rendimento é medindo sua evolução. Afinal, como saber se você está evoluindo se você não sabe como você estava antes e como você está agora?
Sempre que for fazer questões, marque a quantidade de erros e acertos. E anote isso no seu planejamento de estudos  no seu caderno ou agenda.
Anote as horas de estudo que você tem. Se você tem 40 horas semanais para estudar  mas, na semana passada, você estudou 10 horas durante toda a semana, que tal estudar 15 horas essa semana?

7. Mantenha o equilíbrio

Mantenha seus pensamentos controlados, bem como seu tempo – ficar parado não é bom. Não deixe que as pessoas fiquem interrompendo seu trabalho ou seus estudos a toda hora. Selecione um tempo do seu dia para fazer uma pausa e chame um amigo para tomar um café!

8. Organize sua mesa de estudo/trabalho

Quanto mais arrumada for a sua mesa, mais fácil será encontrar seus objetos (papel, caneta, anotações), perdendo assim menos tempo para procurá-los. Lembre-se de ser organizado!

9. Alimente-se!

Já está mais do que comprovado que a alimentação pode influenciar no nosso rendimento. Se estiver com fome será mais difícil conseguir se concentrar, mas o excesso de comida também pode atrapalhar por conta da má digestão. Então, procure comer alimentos leves e saudáveis. Cuide da sua mente e do seu corpo para melhorar o seu rendimento nos estudos e no trabalho.


Muitas vezes com a falta de tempo e a correria do dia a dia vamos ficando cansado e nos desanimando. Para isso não acontecer no trabalho ou até mesmo nos estudos é preciso ser comprometido, atento e disciplinado.
Bom desempenho!