Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2018

O que são hábitos orais deletérios?

Imagem
Por, Marcela Oliveira - fonoaudióloga 
“Chupar dedo”, roer as unhas e respirar pela boca. O que isso tem em comum? Esses são apenas alguns exemplos de “Hábitos Orais Deletérios”, muito comuns na população, principalmente na infância e que trazem inúmeras consequências ao longo do desenvolvimento até a fase adulta.


Mas afinal, o que são hábitos orais deletérios?
São padrões anormais e habituais de contração muscular que podem interferir no crescimento craniofacial e no desempenho de suas funções e, tornam-se prejudiciais devido a sua repetição, geralmente associada a uma sensação de prazer, a fatores culturais e ao uso de hábitos pela família, que contribuem para a sua implantação e manutenção.
Os principais “Hábitos Orais Deletérios” são:
Sucção não nutritiva, que incluem a sucção digital (chupar o dedo) e o uso da chupeta;Sucção nutritiva artificial, representado pelo uso da mamadeira;Onicofagia (roer a unha), o bruxismo (ranger os dentes) e morder objetos;Hábitos funcionais, que são a de…

O que é Dependência Tecnológica

Imagem
Por Isadora Lacerda – Psicóloga
Os vícios, ou hábitos repetitivos que degeneram ou prejudicam o viciado e os que o cercam, acompanham o ser humano desde seu surgimento e ao longo de sua evolução. De acordo com o momento histórico da humanidade os vícios também se transformaram: substâncias e hábitos ligados à natureza evoluíram para substâncias e hábitos ligados ao consumo e ao conhecimento industrial e tecnológico.


Drogas sintéticas disputam espaço com drogas derivadas da coca e do ópio. A dependência em álcool coexiste com o consumo descontrolado de bens materiais.
Nesse panorama, que acompanha a popularidade de tecnologias digitais, enfrentamos agora os prejuízos e quadros de dependência que elas podem ocasionar e que configuram um “novo” vício: anomofobia ou dependência digital.
A nomofobia caracteriza-se pela ansiedade que resulta da “incapacidade de comunicação” na ausência de aparelhos celulares e computadores.
Essa incapacidade de comunicação geralmente se traduz pela restrição ao…

O uso da tecnologia e os processos de aprendizagem.

Imagem
Por, Vanessa Barros - psicopedagoga 
A sociedade atual advém da revolução tecnológica e seu desenvolvimento na produção e na área da informação, gerando predicados passíveis de assegurar à educação uma autonomia ainda inalcançada. Isto se dá à medida que o desenvolvimento das competências cognitivas e culturais determinadas para o pleno desenvolvimento humano passa a se ajustar com o que se espera no âmbito da produção.




Consideramos que as transformações provocadas pelo uso do computador como ferramenta para o ensino é um recurso pedagógico muito importante que coloca desafios na apropriação do conhecimento e redefinições do papel dos professores nesse novo contexto.

É impossível não aceitar a importância das constantes transformações pelas quais o mundo vem passando. Como educadores e indivíduos temos a necessidade de nos adaptarmos a essas inovações, tentando compreendê-las, incorporá-las, socializando experiências e introduzindo essas transformações, no âmbito educacional de modo a co…

Mindful eating. O que é comer Comer Consciente?

Imagem
Por Maria Irlan - Nutricionista 
Mindfulness ou Atenção Plena é uma técnica que consiste em focar toda a atenção ao momento presente e pode ser utilizada por qualquer pessoa, independentemente de sua religião, cultura ou crença.
Mindful Eating (comer consciente) é a prática do Mindfulness no ato de comer, um caminho para se sentir bem enquanto constrói um relacionamento mais saudável com a comida. O objetivo é dá instrumentos para entrar em uma jornada de autoconhecimento e revisar hábitos alimentares.




Mindful Eating tem sido utilizada em problemas de comportamento alimentar como a obesidade, anorexia, bulimia e compulsão alimentar. Foi recomendada pelo Dietary Guidelines Advisory Committee ao governo americano como uma das melhores formas de controle de peso. Abaixo citamos algumas características de comportamento diante de uma alimentação realizada de maneira consciente ou quando entramos no modo automático.
COMER DE FORMA CONSCIENTE 

Estar sintonizado com a experiência de comer, atento a…

O que é vício? Você acha que é a droga que vicia? Vamos refletir sobre isso.

Imagem
por, Milena Mendonça - psicóloga

Pode começar como uma brincadeira, um desafio ou simplesmente uma experiência nova. Qualquer que seja a substância ou atividade, a freqüência e a maneira como você se relaciona com isso é que determina se você tem um vício ou não. Cair em um vício tem consequências muito negativas no corpo. E sobretudo, no órgão mais importante de todos: o cérebro.


Qualquer vício pode se tornar um inimigo perigoso. Nenhuma pessoa está isenta. No entanto, nem todos ficarão viciados. Então, o que é vício?
Considera-se que uma pessoa é viciada quando uma dependência psicológica se desenvolve, isto é, com respeito a um comportamento repetitivo e compulsivo a uma substância ou um hábito. Dependência psicológica e física coexistem - que é a resposta do corpo a essa substância.
Em si, a definição de dependência se aplica à compulsão e à repetição do uso de álcool, nicotina, drogas opiáceas como heroína, cocaína e outros estimulantes. Mas e o jogo, o sexo, compras, até os videogames…